Edição de DNA: evento debate tecnologias da revolução genética


Publicado em 04/11/2019 às 08:00 | Por Minas Faz Ciência

Uma revolução tecnológica sem precedentes já permite que se faça edição de DNA de praticamente qualquer organismo.

A tecnologia permite diagnóstico e tratamento de doenças que têm causas genéticas, além de inovações para tornar plantações e rebanhos mais resistentes a pragas e doenças, e evitar a rejeição de órgãos transplantados.

Mas quais são os dilemas que acompanham a capacidade de alterar facilmente o genoma de um organismo, incluindo o do ser humano?

O UFMG Talks, evento promovido pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em parceria com o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), vai conversar sobre este tema com o professor Ivan Domingues, da Filosofia, e a professora Silvia Guatimosim, da Biologia.

Eles apresentarão pesquisas desenvolvidas na universidade e abordarão também as implicações éticas decorrentes do avanço desta tecnologia. O evento será no dia 6 de novembro, às 19h, no Teatro I do CCBB, na Praça da Liberdade.

O UFMG Talks tem entrada gratuita e os ingressos são distribuídos na bilheteria do CCBB no dia do evento, a partir das 18h, sujeito à lotação.

Com duração de 60 minutos, o UFMG Talks é posteriormente disponibilizado na íntegra no canal da TV UFMG no YouTube e no site da Pró-Reitoria de Pesquisa (ufmg.br/prpq/ufmgtalks).

Confira a edição sobre o fenômeno das fake news:

O professor Ivan Domingues fala sobre edição de DNA no UFMG Talks
Ivan Domingues. Foto: Foca Lisboa

Quem fala sobre edição genética?

Professor titular do Departamento de Filosofia da UFMG, Ivan Domingues atua em várias áreas da filosofia contemporânea, como teoria do conhecimento, epistemologia das ciências humanas, hermenêutica do texto filosófico, filosofia da técnica, ética e conhecimento.

Tem graduação (1975) e mestrado (1980) em Filosofia pela UFMG, e doutorado (1989) em Filosofia pela Sorbonne, Université de Paris I, na França.

É coordenador do Núcleo de Estudos do Pensamento Contemporâneo (NEPC), onde desenvolve a pesquisa “As biotecnologias e o futuro da humanidade”. Foi um dos fundadores e é ex-diretor do Instituto de Estudos Avançados Transdisciplinares (IEAT/UFMG) e foi agraciado com o Prêmio FUNDEP/UFMG em 2005.

A professora Silvia Guatimosim fala sobre edição de DNA no UFMG Talks
Sílvia Guatimosim. Foto: Marcus Vinicius dos Santos

Professora do Departamento de Fisiologia e Biofísica da UFMG, Silvia Guatimosim atua em pesquisas sobre Cardiologia Molecular com ênfase em nanobiologia, sinalização intracelular de cálcio, cardiomiócitos, acoplamento excitação-contração, disfunção cardíaca e geração de novos modelos geneticamente modificados.

Tem graduação (1993) e doutorado (1999) em Bioquímica e Imunologia pela UFMG.

De 1999 a 2003, fez pós-doutorado na University of Maryland, nos Estados Unidos, onde foi professora visitante de 2003 a 2004.

Atualmente, também atua como professora visitante do Pediatrics Boston Children’s Hospital na Harvard Medical School.


UFMG Talks |Revolução Genética

Data:  06 de novembro às 19h

Local: Teatro I do Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB) – Praça da Liberdade, 450

Convidados: Ivan Domingues e Silvia Guatimosim

Entrada gratuita

Tags

Artigos Relacionados