A primeira noite do Pint of Science em Belo Horizonte trouxe aos frequentadores do restaurante Xico da Carne a chance de aprender mais sobre históriaquímica, uma mistura explosiva!

Luciano Emerich Faria, doutorando do Departamento de Química da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), compartilhou com os presentes dados de sua pesquisa de doutorado.

Dentre outras questões relacionada com história e elementos químicos, ele investiga a presença do salitre descoberto e explorado ao longo da bacia do Rio São Francisco.

O salitre, para quem não sabe, é um dos compostos da pólvora e, por isso, acredita-se que foi essencial na luta pela independência, contribuindo para que os brasileiros da região de Minas Gerais pudessem vencer batalhas contra os portugueses.

O salitre pode ser encontrado em dezenas de cavernas de Minas Gerais, muitas delas exploradas por Peter Lund e Carlos Prates há décadas. Hoje, estão desativadas e são protegidas por entidades ambientais e culturais.

Alfredo e Luciano. Foto: Rodrigo Patrício

 

Fogo, bomba e explosão!

Após sua fala, Luciano foi dar uma mãozinha para o professor Alfredo Mateus, do Colégio Técnico da UFMG (Coltec), que é um entusiasta dos experimentos químicos!

Luciano trabalha com divulgação científica, incentivando a prática de experimentos de química no ensino e também na exploração da química do dia a dia, com experimentos que podem ser feitos em casa.

Para o público do Pint of Science, ele levou uma combinação de experimentos de fogo, explosão e bombas.

Ao final das apresentações, os professores responderam perguntas do público e informaram sobre o (assustador) número de mais de 2 mil explosões de bombas nucleares em todo o mundo, desde a Segunda Guerra Mundial.

O Pint of Science espera você!

Para quem gostou da ideia de aprender e compartilhar conhecimento enquanto bebe uma cerveja bem gelada, é só ficar ligado na programação do Pint of Science, que vai até quarta-feira, dia 16 de maio.

Esta é a terceira edição do evento na capital mineira e, como no ano passado, será realizado em cinco estabelecimentos de Belo Horizonte.

A novidade é que neste ano, as cidades de Poços de Caldas, Alfenas, Diamantina, Itajubá, Janaúba, Juiz de Fora, Lavras, Uberaba, Viçosa, Betim e Santa Rita do Sapucaí fazem parte do roteiro etílico da ciência no Estado.

Confira a programação e participe: pintofscience.com.br.