Com casos de sarampo, BH discute importância da vacinação

Dois casos de sarampo foram confirmados em Belo Horizonte na última semana de agosto.

O fato despertou alertas na população, que deve se vacinar a fim de evitar a infecção pelo vírus que causa a doença.

O momento, então, é mais do que oportuno para a participação no debate UFMG Talks sobre os impactos das vacinas na saúde da população.

Na edição de setembro, os professores Flávio Guimarães e Lilian Diniz conversam sobre os avanços no desenvolvimento de novas vacinas.

O evento está marcado para o dia 4 de setembro, às 19h, no Teatro I do Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB).

A verdade sobre a vacina

Importantes descobertas científicas no campo da vacinação, nas últimas décadas, foram responsáveis pelo controle e, até mesmo, pela erradicação de graves doenças contagiosas, como o sarampo.

No entanto, nem os avanços da pesquisa de ponta parecem ser capazes de barrar a onda de desconfiança quanto à eficácia e segurança das vacinas.

Para discutir este tema, os convidados apresentarão as últimas descobertas e os avanços da UFMG no campo das vacinas, assim como seus impactos na saúde da população.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a imunização previne atualmente cerca de 2 a 3 milhões de mortes por ano.

Conheça os convidados:

Em meio a casos de sarampo em BH, Flávio Guimarães e Lilian Diniz conversam sobre os avanços no desenvolvimento de novas vacinas.
Flavio Guimarães. Foto: Milena Rosado / ICB, UFMG

Flávio Guimarães é professor do Departamento de Microbiologia da UFMG, onde desenvolve pesquisas nas áreas de Vacinologia e Virologia.

É graduado em Ciências Biológicas (1993) com mestrado (1996) e doutorado (2000) em Microbiologia pela UFMG.

Fez pós-doutorado no National Institutes of Health (NIH) em Bethesda, nos Estados Unidos, e no Centro de Pesquisas René Rachou, em Belo Horizonte.

Faz parte da equipe de pesquisadores que desenvolve atualmente a vacina contra a dengue e também trabalha no CT Vacinas, uma parceria da UFMG, do Instituto René Rachou e do Parque Tecnológico de Belo Horizonte (BH-Tec).

Em meio a casos de sarampo em BH, Flávio Guimarães e Lilian Diniz conversam sobre os avanços no desenvolvimento de novas vacinas.
Lilian Diniz. Foto: Carol Morena / Medicina, UFMG

Lilian Diniz é professora do Departamento de Pediatria da UFMG, e também atua como preceptora da residência médica em Infectologia Pediátrica na Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (FHEMIG).

Possui graduação em Medicina (1999) pela UFMG, com residência médica em Pediatria e Infectologia Pediátrica no Hospital das Clínicas da UFMG.

Possui mestrado (2005) e doutorado (2009) em Ciência da Saúde pela UFMG, cuja pesquisa deu ênfase ao estudo de crianças infectadas pelo HIV.

UFMG Talks

O UFMG Talks tem entrada gratuita. Os ingressos são distribuídos na bilheteria do CCBB no dia do evento, a partir das 18h.

Com duração de 60 minutos, o programa é posteriormente disponibilizado na íntegra no canal da TV UFMG no   YouTube e no site da Pró-Reitoria de Pesquisa (ufmg.br/prpq/ufmgtalks).

Compartilhe nas redes sociais
0Shares
Tags:

Verônica Soares

Jornalista, Mestre em História, Política e Bens Culturais, com Doutorado em Comunicação Social sobre textualidades midiáticas da divulgação científica em ambientes digitais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *