Telecomunicações e cidades inteligentes

Você sabe o que é uma cidade inteligente?

Esse conceito, também conhecido pelo nome em inglês Smart Cities, está diretamente relacionado ao uso de tecnologias para melhorar a vida das pessoas nas áreas urbanas, principalmente as Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC).

Imagem meramente ilustrativa © TongRo/TongRo Images/Corbis
Imagem meramente ilustrativa © TongRo/TongRo Images/Corbis

No contexto brasileiro, as smart cities podem parecer ainda uma realidade distante dos nossos municípios. Mas para o professor da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Moisés Vidal Ribeiro, é preciso olhar para a frente e planejar: “Um país que é a 7ª economia do mundo tem que olhar não apenas o presente, mas o futuro. Conhecer as tendências é condição sine qua non para que empresas de base tecnológica possam introduzir produtos, processos e serviços que atendam as demandas do mercado”, aponta o pesquisador, que é um dos organizadores do XXXIII Simpósio Brasileiro de Telecomunicações (SBrT 2015), com o tema “Telecomunicações para cidades inteligentes”, ou “Smart cities”. O Simpósio acontece entre os dias 1° e 4 de setembro.

“Temos que discutir no país o que significa o conceito de smart cities para o Brasil para, então, criar oportunidades para que empresas brasileiras, em parceria com as universidades e centros de pesquisas, possam trazer produtos inovadores para lidar com os problemas das nossas cidades” – Moisés Vidal Ribeiro (UFJF).

Os organizadores do evento defendem que haja um trabalho coordenado entre a indústria, a academia e o governo para alcançar objetivos relacionados ao desenvolvimento das cidades inteligentes. “Há a necessidade de termos pontes entre essas entidades e uma forma inicial de fazermos isso é através da promoção de eventos que incentivem a aproximação, como o SBrT 2015, que pela primeira vez ocorre em Minas Gerais”, explica Moisés Ribeiro.

“Há um processo acelerado de urbanização da sociedade e, consequentemente, existe uma crescente demanda da população que vive nas cidades por saúde, educação, segurança, mobilidade, comunicação, emprego, alimentação, entre outros. Para atingi-las, é necessário repensar o conceito de cidades para melhorar a vida das pessoas”, explica um dos organizadores do evento, o professor Marcelo Lima. “Nesse contexto, o paradigma Smart Cities emerge. A ideia é discutir formas de garantir que, no futuro, as cidades sejam inteligentes para atender e prover de forma eficiente e eficaz todas as suas demandas”.

Inscrições promocionais para estudantes

Estudantes podem aproveitar um desconto de 60% na inscrição para o SBrT 2015. As vagas são limitadas e a taxa promocional é de R$120. Este valor segue até dia 15 de agosto e, depois, passa para R$150 até o dia do evento.

Os valores dos demais tipos de inscrições variam entre R$300 a R$780, oferecendo extras como a opção de hospedagem. As inscrições devem ser realizadas no site.

XXXIII Simpósio Brasileiro de Telecomunicações – SBrT 2015

Compartilhe nas redes sociais
0Shares
Tags: , , , , ,

Verônica Soares

Jornalista de ciências, professora de comunicação, pesquisadora da divulgação científica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *