livro_metodologia_saude

Refletir sobre a produção da ciência, seus métodos, abordagens e impactos sociais é tarefa fundamental para que os avanços no conhecimento científico procedam de maneira ética e responsável. Nesse contexto, os professores Sônia Vieira e William Saad Hossne lançam a 2ª edição de Metodologia Científica para a área da Saúde, onde compartilham conhecimentos ainda pouco disseminados no Brasil sobre o tema.

No livro, os autores buscam orientar os profissionais da área da saúde a aplicar a metodologia científica em suas pesquisas, chamando a atenção para as questões éticas que se fazem presentes. A partir da experiência dos autores – William foi presidente da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa do Ministério da Saúde e fundador da Sociedade de Bioética, enquanto Sônia foi membro da mesma comissão, tendo publicado vários livros nessa área -, questões de ordem prática, inerentes à condução dos estudos, são colocadas de forma clara e didática. Além disso, referências e citações extraídas dos regulamentos de órgãos e agências reguladoras, tanto nacionais como internacionais, pontuam toda a obra.

Na sequência, você confere a entrevista da professora Sônia Vieira, concedida ao Blog Minas Faz Ciência.

Qual foi a principal motivação para escrever sobre o tema?

Sônia Vieira: Nosso propósito foi o de compartilhar e disseminar conhecimentos da área. Os pesquisadores precisam de crédito em seus trabalhos. Portanto, a divulgação dos muitos métodos de pesquisa deve ampliar a difusão de resultados e tornar outros pesquisadores, e a sociedade em geral, mais propensos a colaborar, seja participando, discutindo ou financiando a pesquisa científica. Mas as pesquisas precisam ser confiáveis, conduzidas com metodologia adequada.

Nesta segunda edição da obra, quais questões foram atualizadas?

Sônia Vieira: Os métodos de pesquisa evoluíram muito nas duas últimas décadas e a questão da ética na pesquisa está mais bem definida. Então, nesta segunda edição, são apresentados, além de alguns novos métodos de pesquisa, referências e citações das regulamentações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP) sobre o assunto, além de fazer menções às disposições da Agência de Alimentos e Drogas dos Estados Unidos da América (Food and Drug Administration-FDA). É dada, agora, farta exemplificação sobre métodos científicos, sempre na área da saúde e notoriamente com seres humanos, baseada em trabalhos publicados em revistas conceituadas.

Na sua perspectiva, quais são as principais contribuições da obra para pesquisa na área da saúde?

Sônia Vieira: O livro, além de apresentar a metodologia científica, enfatiza um aspecto fundamental para toda pesquisa que é buscar conhecimento apresentando a verdade em si e tentando evitar erros. Insiste que respeitar o participante que se submete à pesquisa é essencial. Como toda pesquisa envolve cooperação entre pessoas de diferentes áreas e instituições, também são enfatizados os valores para um trabalho de cooperação. Os muitos exemplos e os vários diagramas ajudam a fixar conteúdos e dar sentido ao que foi aprendido.

Quais os principais desafios da metodologia científica no campo da saúde?

Sônia Vieira: É preciso uma reflexão sobre ética quando se fala em pesquisa na área da saúde. E a pluralidade da sociedade exige discussão permanente dos aspectos normativos da pesquisa. O rápido progresso da ciência, que está hoje extremamente complexa, exige que as informações sejam constantemente atualizadas e estejam sempre disponíveis, para tornar possível tal reflexão.

Há, no senso comum, a visão de que a ética seria um empecilho ao desenvolvimento da ciência. Como vocês trataram essa questão no livro?

Sônia Vieira: A visão de que a ética é essencial em todas as atividades humanas toma corpo na sociedade brasileira. Portanto, é preciso assinalar que, ao contrário de impedir, a ética facilita o desenvolvimento da boa ciência, pois suas normas buscam garantir o bem estar dos seres humanos que participam da investigação, impedir a eventual má conduta dos pesquisadores, não aceitar conflitos de interesse entre quem faz a pesquisa e quem a financia e proteger os animais que, eventualmente, são submetidos à experimentação. A importância da ética do pesquisador permeia todo o texto.

 

Ficha técnica

Título: Metodologia Científica para a área da Saúde
Autores: Sônia Vieira e William Saad Hossne
Editora: Elsevier
Ano: 2015 (2a edição)
Número de páginas: 192

Clique aqui e cadastre-se para ler e baixar trechos do livro.