Cochonilhas farinhentas: as imprevisíveis inimigas do café

[soundcloud url=”http://api.soundcloud.com/tracks/91946741″ params=”” width=” 100%” height=”166″ iframe=”true” /]

Epamig Lavras - cedido por Lenira Viana.
Foto cedida por Lenira Viana

Cochonilha Farinhenta. Mais que um inseto de nome estranho esse bicho esquisito pode representar grandes prejuízos para as culturas de café. Eles ficam alojados na raíz das plantas e dificultam a absorção de água e nutrientes.  Depois, quando eles sobem para as flores do café – chamadas “rosetas”, prejudicam a formação dos grãos.

O inseto tem aparência que se assemelha a uma cobertura de farinha (Foto cedida por Lenira Viana)

Para maior produtividade e rendimento econômico é importante que o cafeicultor conheça estratégias e métodos de controle das cochonilhas de modo integrado ao manejo das lavouras.

Isso quem orienta é a engenheira agrônoma Lenira Viana Costa Santa-Cecilia, membro do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia do Café. Doutora em entomologia, ela vem desenvolvendo pesquisas sobre o assunto no Centro de Pesquisa em Manejo Ecológico de Pragas e Doenças de Plantas (EcoCentro), na Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais, a EPAMIG Sul de Minas, em Lavras.

O objetivo é encontrar novas formas de controle dessa praga. Dentre diferentes organizações parceiras, a FAPEMIG financiou parte dos estudos.

Para saber mais: Artigo Científico (2011)

Trlha sonora:  Royalty Free Music collection- ‘Pure Luxury Vol. 1’ (video 2 of 2).mp3 e Galleria-short.mp3 (By www.playonloop.com Creative Commons Free Music)

Compartilhe nas redes sociais
0Shares
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *