Inovação fashion!

Alta tecnologia mineira é destaque na coleção de Ronaldo Fraga na SPFW

Quando pensamos na aplicação de novas tecnologias logo nos vem à cabeça produtos como  computadores, celulares, e aparelhos eletroeletrônicos em geral. Mas já parou para pensar que existe tecnologia em diversos produtos do nosso dia a dia, inclusive na roupa que você está usando agora?

A tecnologia é aliada da moda na busca por diferencial e identidade. Retornando às passarelas, o estilista Ronaldo Fraga, conhecido por criar uma moda e desfiles que valorizam a capacidade crítica e a cultura brasileira, aliou à sua irreverência, inovação. Ele apresentou esta semana no São Paulo Fashion Week (SPFW) uma coleção que promove a ligação entre moda e tecnologia de ponta! Desenvolvida no Brasil, a partir da aplicação de lâmpadas eletroluminescentes as peças desfiladas na 33ª edição SPFW foram um sucesso! Foi o  lançamento da linha LUME – iluminação impressa – desenvolvida pelo  Centro de Inovações CSEM Brasil com o apoio da FAPEMIG. O CSEM Brasil é o único local da América Latina onde esses dispositivos podem ser preparados em lâminas de grande comprimento e em volume, utilizando a tecnologia eletrônica orgânica impressa por rolos (roll to roll).

O lançamento da aplicação de dispositivos eletroluminescentes no design durante uma das maiores semanas de moda do mundo expõe a ascensão do Brasil no mercado de tecnologia de produtos de alto valor agregado, como painéis de iluminação impressa e células fotovoltaicas, utilizando os chamados polímeros orgânicos, dos quais os OLEDs (organic light emitting diodes) fazem parte. O baixo custo da tecnologia resulta também em alto fator competitivo em relação ao que já é desenvolvido na China, nos Estados Unidos e na Europa, confirmando o papel determinante que a moda exerce no desenvolvimento econômico-industrial do país. Para Ronaldo Fraga, que volta às passarelas investindo em inovação aliada à cultura brasileira, o potencial de transformação do projeto vai ser sentido além do mundo da moda.“É realmente gratificante essa oportunidade de releitura da arte Marajoara, da pré-histórica brasileira, usando uma tecnologia de iluminação destinada ao futuro”, afirma.

A tecnologia apresentada  nas passarelas mostra que é possível unir  moda, elementos mineiros de design, ciência e tecnologia. Acho que podemos chamar isto de inovação fashion!

Compartilhe nas redes sociais
0Shares
Tags: , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *