UFMG Talks em casa aborda como tragédias causam impactos na saúde mental

Tendo como ponto de partida a pandemia do novo coronavírus, as professoras Cláudia Mayorga e Teresa Kurimoto vão conversar sobre como superar tragédias sem vivenciar situações de crises de saúde mental

Incertezas, traumas, perdas, medos … Tragédias repercutem no ser humano, física e psiquicamente. De acordo com cartilha publicada pela Fundação Oswaldo Cruz, estima-se que entre ⅓ e metade da população exposta a uma epidemia pode vir a sofrer alguma manifestação psicopatológica, caso não seja feita nenhuma intervenção de cuidado específico para as reações e sintomas manifestados. Os fatores que influenciam o impacto psicossocial estão relacionados a magnitude da epidemia e o grau de vulnerabilidade em que a pessoa se encontra.

Os receios e temores provocados pela pandemia do novo coronavírus, os riscos de contaminação e o isolamento social podem agravar ou gerar sofrimento mental, como alerta a Organização Mundial da Saúde (OMS). Outros acontecimentos trágicos, como o rompimento da barragem de Brumadinho, em Minas Gerais, em janeiro de 2019, que resultou em 259 mortes, atestam que as emoções humanas devem ser consideradas com um dos fatores preponderantes para a saúde.

Para conversar sobre os impactos desta pandemia e de outras catástrofes na saúde mental, o UFMG Talks em casa recebe as professoras Cláudia Mayorga e Teresa Kurimoto, que abordam o tema sob a perspectiva da psicologia e da enfermagem.

Professora do Departamento de Psicologia, Cláudia Mayorga é Pró-Reitora de Extensão e coordenadora da Rede Saúde Mental da UFMG, com uma atuação de destaque nas áreas de psicologia social e feminismo, análise da desigualdade social brasileira, democratização da universidade e ações afirmativas. Teresa Kurimoto é professora do Departamento de Enfermagem Aplicada e membro da Comissão Permanente de Saúde Mental da UFMG, atuando principalmente no cuidado, psicanálise, linguagem, inconsciente, corpo e estratégia de saúde da família

O UFMG Talks em casa tem duração de uma hora e será transmitido ao vivo no canal da TV UFMG no YouTube e na página do CCBB BH no Facebook. Após a apresentação, os convidados responderão a perguntas enviadas pelos internautas.

Serviço

Os impactos das tragédias na saúde mental

Data:  30 de julho às 19h

Convidadas: Cláudia Mayorga e Teresa Kurimoto

Conteúdo Relacionado