Matemática na base dos avanços tecnológicos em criptografia

A criptografia está presente em diferentes redes de comunicação, no comércio eletrônico, em cartões de pagamento, em moedas digitais e em senhas de computadores. Hoje, com os dados digitais, o processo da criptografia moderna é basicamente feito por algoritmos, uma sequência de tarefas programadas e executadas por um computador, por exemplo. Por trás desse trabalho, estão a ciência da computação, a engenharia elétrica, a ciência da comunicação, a física e a matemática.

É com um estudo em matemática pura que o pesquisador Lucas da Silva Reis avança na temática. Na sua tese de doutorado, defendida no Programa de Pós-graduação em Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Lucas discute a teoria dos corpos finitos. Embora a abordagem seja fundamentalmente teórica, muitos dos problemas surgiram de questões práticas, como a criptografia.

O pesquisador foi um dos vencedores do Grande Prêmio de Teses UFMG 2019. Confira, no Ondas da Ciência!

Compartilhe nas redes sociais
0Shares
Tags: , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *