O lugar e a voz da ciência

Livro composto por crônicas publicadas na imprensa, Limiar revela pensamento multifacetado do neurocientista Sidarta Ribeiro acerca de questões contemporâneas

Ciência na Estante

No âmago da esfera pública, cientistas têm a possibilidade de enriquecer o debate de questões fundamentais ao rumo das nações. Afinal, afora a produção de saberes, tais atores sociais estão acostumados a problematizações, desafios e questionamentos.

Neurocientista e biólogo reconhecido internacionalmente, além de professor titular e vice-diretor do Instituto do Cérebro da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Sidarta Ribeiro jamais se furtou a participar de discussões públicas caras ao Brasil.

Autor do já clássico O oráculo da noite, livro em investiga o ato de sonhar, o pesquisador volta ao ofício das deliberações de ideias em Limiar – Ciência e vida contemporânea, que reúne 56 de suas crônicas publicadas na imprensa.

Em versão revisada, ampliada, a obra aborda questões prementes ao momento por que passam o Brasil e outros tantos países, resultantes do retorno, à baila, de narrativas retrógradas, de desastres ambientais ou da negação de princípios científicos básicos.

Dentre os temas analisados por Sidarta Ribeiro, estão cinco grandes temáticas, subdivididas numa série de especificidades: “Ciência em Krakatoa”, “Drogas, dedo na ferida”, “Educação para quê?”, “Deus, humanos, vida e morte” e “Sono, sonhos”.

Trecho

“Prenhe de otimismo apocalíptico, os 57 textos aqui selecionados examinam a história planetária recente com ambos os olhos abertos. Um deles tem o ponto de vista da Ciência, essa flor de futuro que insiste em nascer no asfalto do Brasil e de tantos outros projetos de país aos quais chamamos de Terceiro Mundo. O outro olho enxerga pela perspectiva dos saberes ancestrais, como a ayahuasca, a ioga e a Capoeira. Os dois olhos se fecham para sonhar o amanhã…” Quando se abrem, as imagens se fundem numa perspectiva mais ampla.”

O livro

Livro: Limiar – Ciência e vida contemporânea
Autor: Sidarta Ribeiro
Editora: Companhia de Bolso
Páginas: 190
Ano: 2020

Foto: Maurício Guilherme Silva Jr.

Conteúdo Relacionado