Aplicativo mineiro ajuda a combater depressão em empresas

Ferramenta gratuita visa possibilitar gestores medirem o índice de felicidade nas organizações e ajuda a combater depressão em empresas

O Setembro Amarelo trata-se do mês mundial da prevenção aos suicídios. E justamente no mês passado, foi lançado o aplicativo Método S.I.M – A Ciência da Felicidade, um aplicativo gratuito que tem como objetivo o combate à depressão – uma das principais causas do suicídio – nas empresas. A ferramenta, além de dar indícios sobre um eventual distúrbio entre funcionários, também indica ações para melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores.

Idealizada pelo empresário e mestre em Ciência da Educação Renner Silva, que também é professor de Ciência da Felicidade e Bem-Estar na PUC Minas Gerais, o aplicativo visa ajudar os gestores a medirem o índice de felicidade nas organizações. O programa é o mesmo que o empresário utiliza em consultorias de Gestão de Felicidade corporativa. Nelas, observa que as empresas estão passando por problemas invisíveis ao mercado e o desafio é torná-los visíveis, para assim combatê-los, antes que seja tarde demais.

Qualidade de vida, produtividade e clima organizacional

O diagnóstico elaborado pelo Método S.I.M. analisa as respostas dos colaboradores em referência a três esferas direta ou indiretamente relacionadas ao trabalho – qualidade de vida, produtividade e clima organizacional. Por meio de uma série de perguntas com respostas de múltipla escolha e respondidas de forma anônima pelos trabalhadores, o app fornece à empresa um raio x geral sobre o estado mental da equipe como um todo. Da mesma forma, dá aos trabalhadores um diagnóstico completo sobre os pontos que devem receber atenção.

“A ideia do aplicativo surgiu quando li um dado da OMS que dizia que mais de um milhão de pessoas tiram a própria vida todos os anos. Enquanto professor de ciência da felicidade, não pude aceitar isso”, afirma Renner, que a partir daí idealizou o app junto com o programador de sua equipe. Segundo ele, o aplicativo é gratuito, a empresa envia o link para os funcionários e eles realizam o teste.

Renner explica que o programa faz um diagnóstico pessoal, com dados individuais e totalmente sigilosos, no qual nem eles do aplicativo têm acesso, que é individual e cada pessoa tem o seu login. A empresa tem o resultado global de todos os colaboradores juntos sem o nome de ninguém. A partir do diagnóstico elaborado pela ferramenta, os gestores podem adotar as ações indicadas para restabelecer o equilíbrio e a saúde mental dos trabalhadores. “Muitas empresas não têm potencial para a contratação da nossa solução presencial, por isso, resolvi criar essa versão automatizada e gratuita.”

Em busca da felicidade

O idealizador do app reforça que o programa, de forma autônoma, faz o que ele faz nas consultoria de Gestão de Felicidade, que busca aumentar o faturamento, rendimento e lucratividade da empresa e o preparo dos colaboradores. “Eu ministro cursos, palestras, seminários e treinamentos divulgando a ciência da felicidade, ensinando as pessoas a mudar a qualidade dos pensamentos”, explica o Renner.

Para realizar o teste entre os colaboradores, os gestores preenchem um breve formulário no link http://empresa.metodosim.com. Depois disso, a ferramenta gera um link com o questionário a ser aplicado entre os funcionários. Todo o restante do processo é feito de forma automática e sem custos para a empresa ou o trabalhador.

Considerada a doença do século pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a depressão é a principal causa de suicídios no planeta – a cada ano, estima-se um total de 800 mil pessoas tirem a própria vida. Conforme estimativa da OMS, mais de 300 milhões de pessoas sofrem com a doença em todo o mundo.

Conteúdo Relacionado