Será que a ciência consegue prever o resultado de um jogo de futebol?

Os apostadores bem que achariam bom, mas a graça do esporte é que tudo pode acontecer. Mesmo assim, a matemática é capaz de dar a probabilidade de vitória, empate ou derrota dos times na partida. O professor Gilsione Costa coordena uma pesquisa sobre esse tema na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Confira no programa de hoje como é possível dizer qual resultado tem mais chance de acontecer em cada partida.

[soundcloud url=”https://api.soundcloud.com/tracks/155732186″ params=”color=ff5500&auto_play=false&hide_related=false&show_artwork=true&show_comments=true&show_user=true&show_reposts=false” width=”100%” height=”166″ iframe=”true” /]

E tem pesquisador de outras áreas tentando usar a matemática para ajudar no futebol. O físico inglês Stephen Hawking, especialista em buracos negros, fez um relatório antes da Copa do Mundo dizendo o que é preciso para aumentar as chances da Inglaterra ser campeã este ano. Parece que o técnico inglês não leu as dicas de Hawking…

Nós também achamos uma pesquisa similar à do professor Gilsione Costa na USP. O site Previsão Esportiva é feito pelo Grupo de Modelagem Estatística no Esporte (GMEE), com o objetivo é agregar pesquisadores, alunos de pós-graduação e graduação, interessados no desenvolvimento metodológico estatístico para dados esportivos. Lá você encontra previsões para a Copa do Mundo e para os campeonatos Inglês e Espanhol.

Por último, trazemos outro link de uma pesquisa um pouco diferente das probabilidades da matemática. O estudo é do estatístico Nate Silver, que mantém um gráfico interativo sobre a Copa do Mundo, com as chances de cada time. Segundo ele, o Brasil tem, neste momento, 36% de chance de ser campeão. O índice leva em conta os resultados dos jogos das seleções no torneio, mas também o desempenho dos atletas em seus clubes.

Conteúdo Relacionado