Quem vive em grandes centros urbanos convive com um céu apagado de estrelas. A poluição luminosa reduz a visibilidade das estrelas, interfere na observação astronômica e transforma a nossa relação com o céu.

Integrantes do Gedai de Belo Horizonte

O Grupo de Estudo e Divulgação de Astronomia Intercampi (Gedai), do Cefet-MG, tem grupos em diversas unidades do Cefet. Professores, funcionários, alunos e astrônomos amadores integram o projeto e trabalham em ações de promoção da Astronomia.

Em Belo Horizonte, o Gedai organiza dois grandes projetos abertos ao público: o Terça Astronômica e o Astronomia na Serra do Rola Moça. São palestras seguidas de observação astronômica. Leonardo Gabriel Diniz, professor de Física do Cefet-MG e coordenador do Gedai de Belo Horizonte, fala nesse Ondas da Ciência sobre poluição luminosa e observação astronômica nas grandes cidades.

Astronomia na Serra do Rola Moça

O projeto Astronomia na Serra do Rola Moça promove a prática da Astronomia amadora no Parque Estadual da Serra do Rola Moça. As atividades incluem um curso de formação de professores de escolas públicas, educação ambiental, divulgação da astronomia e iniciação científica.

Um dos objetivos é educar sobre a poluição luminosa. O parque conta com mirantes voltados para as áreas densamente habitadas, de onde é possível observar a poluição luminosa produzida na cidade. E na parte sul da Serra, voltada para uma região menos habitada, é possível realizar observações astronômicas e astrofotografias.

Este sábado, 24/06, é dia de encontro na sede do Parque da Serra do Rola Moça. O evento começa às 17h30 com uma palestra e distribuição dos mapas celestes. Depois os participantes seguem para a Plataforma de Observações Astronômicas Francisco Prado.

Dentro da programação do projeto, estão agendados encontros mensais até outubro de 2017. As inscrições podem ser feitas aqui.