A política em rede

Em livro, filósofo Renato Janine Ribeiro discute questões relativas à república, aos direitos humanos e à democracia em tempos de internet

No ano em que se completam 25 anos da oficialização da rede mundial de computadores no Brasil, uma série de questionamentos parece fundamental aos usos (e abusos) da internet.

Afinal, de que maneira, no dia a dia, homens e mulheres recorrem aos recursos da web para se relacionar, buscar informações, produzir conhecimento, disseminar opiniões ou – algo realmente grave! – promover e incitar crimes os mais diversos?

Em tal vasta esfera pública, propensa a consensos, dissensos, debates, experiências, diálogos, monólogos e agressões, importantes narrativas da vida humana acabam por também ser ressignificadas.

Refiro-me às mobilizações e aderências contemporâneas às noções, por exemplo, de “democracia”, “república”, “liberalismo” e “socialismo” – termos que, na capa do livro A boa política, de Renato Janine Ribeiro, aparecem no ilustrativo rótulo de um vidrinho de essência a conta-gotas.

Na obra, o professor titular de Ética e Filosofia Política da Universidade de São Paulo (USP) – além de ex-Ministro da Educação, de abril a setembro de 2015 – discute nuances cruciais à compreensão do mundo da vida na polis contemporânea.

Dentre as discussões de Janine Ribeiro, para além da temática que dá título ao livro, há capítulos sobre “Democracia versus república: a questão do desejo nas lutas sociais”, “A direita tem os meios, a esquerda, os fins” e “A internet não é uma ágora”.

Foto de Maurício Guilherme Silva Jr.

Trecho

“A proposta ou pergunta deste livro é simples e audaciosa: pode a filosofia política servir para tratar da política imediata, esta que rodeia nossas vidas? Nós, que frequentamos os clássicos da filosofia, tendemos a dizer eu ela se diferencia de sua prima, a ciência política, porque trata das questões macro; mas nosso problema é que, de tão enormes, essas questões acabam muito distantes de tudo, inclusive de nós. Se pensarmos nos 2500 anos de filosofia ocidental, no tempo quase igual de filosofia política, veremos, sim, que esta trata das grandes perguntas, como a dominação, a obediência, a soberania, a representação – mas que se abstém dos tópicos mais próximos. Mas é só isso? É isso? Seguramente a filosofia política não discutirá quem ganha a próxima eleição, porém isso ninguém sabe mesmo com plena certeza; não é isso o que eu lamento: o ruim é a filosofia abrir mão do fog of war da névoa da guerra – ou da política –, dessa bruma em que nos perdemos, mas onde por fim nos encontramos, ainda que no lugar não esperado nem desejado.”

O livro

Livro: A boa política – Ensaios sobre a democracia na era da internet
Autor: Renato Janine Ribeiro
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 300
Ano: 2017

Conteúdo Relacionado