Será que tem como ensinar um robô a jogar futebol?

Às vésperas do início da Copa do Mundo, começamos hoje uma série sobre pesquisas que têm alguma relação com o futebol. No primeiro podcast, vamos saber como a inteligência artificial é usada para programar os jogadores no computador.

Eles conseguem tomar decisões e até aprender com os erros. Nesse tipo de futebol simulado, o ser humano não controla os robôs como em um video-game. Quem explica isso melhor é o professor Ahmed Esmin, da Universidade Federal de Lavras. Ouça aí:

[soundcloud url=”https://api.soundcloud.com/tracks/153576083″ params=”color=ff5500&auto_play=false&hide_related=false&show_artwork=true&show_comments=true&show_user=false&show_reposts=false” width=”100%” height=”166″ iframe=”true” /]

Na Ufla, o professor Esmin coordena o Laboratório de Inteligência Computacional e Sistemas Avançados, que conta com apoio da Fapemig. E um dos projetos é o Ufla2D Team, um time de futebol de robôs na categoria de simulação em duas dimensões.

Conteúdo Relacionado