O abuso do uso da tecnologia e quem nunca comeu melado

[soundcloud url=”http://soundcloud.com/ondasciencia-1/oc0095-tecnologias-e-melado”]

 

Nesta época do ano os aparelhos computadorizados são as estrelas de vendas. Muita gente que não tem, quer um, e já quem já tem quer um novo, mais moderno. Ondas da Ciência (#95) desta semana convida você para uma reflexão importante:

O professor Luiz Brant avalia o uso das tecnologias de comunicação com cautela para evitar receitas prontas "perigosas", adverte           Foto:  Solange Godoy-Enf.UFMG
O professor Luiz Brant avalia o uso das tecnologias de comunicação com cautela para evitar receitas prontas “perigosas” Foto: Solange Godoy-Enf.UFMG

Quais os efeitos negativos das novas tecnologias computacionais sobre a nossa vida?

Para analisar a questão, a gente foi atrás do psicólogo Luiz Carlos Brant, pós-doutor em Saúde Coletiva e doutor em Ciências da Saúde, professor do Curso de Gestão de Serviços de Saúde da Universidade Federal de Minas Gerais.

Ele, que também pesquisa a área de inovação tecnológica, qualidade de vida e dependência química, ofereceu na Escola de Enfermagem da UFMG uma oficina de extensão na qual foi discutido o desafio do limite para pais e profissionais da saúde e educação ante os clamores da “tela”.

Luiz Brant não arrisca respostas, mas está certo de que o debate e a reflexão sobre o assunto são primordiais, assim como é importante evitar seu “endeusamento” e o distanciamento entre as pessoas: “o encontro é fundamental!”, alerta.

Neste programa ele também chama a atenção para a necessidade de se usar a memória e comenta sobre “web-ansiedade”: “a tecnologia é que deve estar a serviço do ser humano”.

Email: inovacaotecnologicaufmg@gmail.com

Trilha sonora: JoshWoodward-TheWake-NoVox-13-Epilogue.mp3

Conteúdo Relacionado