Por que o Google sabe de tudo?

Não é magia, é tecnologia!

Você já deve ter se perguntado inúmeras vezes por que o Google responde em milésimos de segundos a todas as nossas perguntas. E vou te contar um segredo: não é nada mágico, é muita tecnologia envolvida!

O primeiro ponto é que o Google é uma graaaande caixa de informação, mas ele não escreve tudo que está por lá. Há uma enorme tecnologia por trás daquela simples página de pesquisa, que só conta com um formulário e alguns botões. Todas as atividades são realizadas bem antes do que possamos imaginar.

Para que todas as informações que estão no mundo virtual cheguem até o Google, há duas formas. A primeira forma é através de ação das pessoas, que enviam alguns dados, para que o Google possa enviar os robozinhos com regularidade até aquele local e extrair tudo que encontrar. Já a segunda forma é uma extração automática, ou seja, o robozinho do Google fica “vasculhando” o mundo virtual atrás de conteúdo para compor seu banco de dados.

Vamos entender melhor! Vamos imaginar que as informações são como as casas e o os robôs do Google são visitas. Para que uma visita entre na sua casa, você precisa convidar ou então autorizá-la a entrar. Certo? Com o Google é praticamente a mesma coisa. O Google pode visitar estas casas com regularidade, entretanto, se estas visitas possuem autorização, a extração é muito mais fácil e faz com que ela ganhe pontuações para serem exibidas mais próximos à barra de pesquisa.  Agora, se o Google precisa entrar sem ser convidado, ele vai demorar um pouco mais pra extrair as informações e consequentemente este conteúdo pode demorar para ser disponibilizado na ferramenta e, por fim, pode não ficar próximo à barra de busca.

Então, não pense que tudo que está disponível na internet, está no Google, ok? Apesar de ser um grande buscador, há alguns itens que são proibidos ou que não são aceitos pelos termos de uso da ferramenta. Também é possível que os donos daquelas informações bloqueiem buscadores de extrair estas informações. São como as câmeras de segurança e cerca elétrica em nossas casas.

Por fim, depois de extrair tudo que precisava, ele usa seu algoritmo para montar uma grande nuvem de palavras-chaves, para sempre que pesquisarmos, sermos direcionados para estes conteúdos extraídos. Vale lembrar, que o Google não hospeda ou é proprietário destas informações. Ele apenas exibe no motor de busca e, após o clique, direciona para o local do proprietário do conteúdo.

Espero que você tenha entendido um pouco melhor sobre o funcionamento do Google. Até a próxima 😉

Sobre o(a) autor(a)

frame3

Conteúdo Relacionado

Enable Notifications    OK No thanks