O maior iceberg do mundo está prestes a entrar em mar aberto. Conhecido como A68, o gigante se descolou da Antártica há dois anos e meio seguindo rumo ao norte do continente. Apesar de imenso, pesando cerca de um trilhão de toneladas, cientistas avaliam que o iceberg está se movimentando rapidamente.

Quando atingir as águas agitadas do oceano antártico, ele poderá se desmembrar em plataformas de gelo menores. O fato de A68 ainda estar inteiro é uma surpresa para a ciência, pois o iceberg tem 6 mil quilômetros quadrados de área, mas apenas 200 metros de espessura. Pensando em proporções oceânicas, ele é muito fininho!

O A68 saiu da borda da Plataforma de Gelo Larsen C, em julho de 2017. O professor Adrian Luckman da Universidade Swansea, no Reino Unido, segue o progresso do bloco de gelo desde então.

Imagem de Satélite. Foto: Divulgação prof. Adrian Luckman

O professor usa satélites e outras tecnologias para vigiar a jornada do iceberg. Os equipamentos registram imagens aéreas do A68 várias vezes por semana. Elementos da natureza desse tamanho precisam ser constantemente monitorados, pois podem representar um risco para o transporte marítimo.

Depois que se desgarrou, o A68 passou quase um ano se mexendo pouquíssimo. Mas os ventos e correntes marítimas aceleraram o percurso do gigante. O destino dele, de acordo com Luckman é muito previsível. O professor relata os progressos e registra imagens em um site na internet.

Imagem de 2017 quando se descolou. Foto: NASA/Nathan Kurtz/Flickr Goddard Space Flight Center

Histórico

Alguns das maiores plataformas de gelo que se desprenderam da Antártica chegaram até o território marinho da Geórgia do Sul, que é uma ilha britânica em pleno Oceano Atlântico. O maior iceberg já registrado na Era Moderna foi o B15, com 11 mil quilômetros quadrados de área. Ele que iniciou a movimentação em 2000.

Dados do gigante A68

Pesa cerca de um trilhão de toneladas

Tem 6 mil quilômetros quadrados de área

Tem apenas 200 metros de espessura

Está em movimento desde julho de 2017

Sobre o(a) autor(a)

Luana Cruz

Luana Cruz

Jornalista, professora e pesquisadora. É mãe dos gêmeos Martin e Heitor.
frame3

Conteúdo Relacionado

Enable Notifications.    Ok No thanks