Você sabia que as árvores sequestram gás carbônico do ar e que este é considerado um “sequestro do bem”? Esse é o principal gás causador do efeito estufa, que tem consequências graves como o aquecimento global e as mudanças climáticas.

As árvores minimizam a concentração de gás carbônico na atmosfera por isso, em longo prazo, ajudam a frear o efeito estufa.  Hoje é o Dia da Árvore e escolhemos falar sobre a importância dela para a vida no planeta! Vem com a gente!

destaque

Cientistas da Universidade Federal de Viçosa (UFV) estudam o superpoder das árvores de neutralizar as emissões de gases causadores do efeito estufa. Um dos grandes desafios desses estudiosos é descobrir como podemos atender às necessidades de 7 bilhões de pessoas deixando o planeta limpo e preservando as principais fontes de recursos para outras gerações.

Desde 2010, os cientistas trabalham num projeto chamado Carbono Zero que mostra a possibilidade de vida sustentável e mais cuidadosa com o meio ambiente. Todo ano, os pesquisadores se dedicam a neutralizar e reduzir as emissões de gases de efeito estufa em um evento dentro da universidade. E como eles fazem essa neutralização?

Resposta: PLANTANDO ÁRVORES!!!

Atividade com as crianças na Semana do Fazendeiro. Foto: Projeto Carbono Zero
Atividade com as crianças na Semana do Fazendeiro. Foto: Projeto Carbono Zero

É isso mesmo… No mês de julho, acontece dentro da UFV a Semana do Fazendeiro, evento dedicado a pequenos produtores rurais da cidade. Eles são convidados a visitar o campus para participar de atividades culturais, de formação, clínicas tecnológicas e consultorias coletivas.

Enquanto a turma se diverte na programação, os cientistas do Carbono Zero se preocupam em minimizar os efeitos poluidores que a concentração de visitantes pode causar.

A MISSÃO DE CONTABILIZAR CO2

Os pesquisadores contabilizam todos os gases emitidos direta ou indiretamente durante a semana. São avaliados os gases emitidos por carros usados no evento, pelo consumo de energia elétrica e água, na geração de lixo e esgoto. E você deve estar se perguntando: todas essas atividades emitem gases?

Resposta: SIM!

Segundo a cientista Valéria de Fátima Silva, que participa do projeto e faz mestrado na UFV, existe um protocolo mundial que ajuda os pesquisadores a medir essas emissões. Algumas são mais fáceis de perceber, como o exemplo do carro soltando fumaça no escapamento. Para todos os tipos de emissões, existem regras para conseguir contabilizar.

A turma do Carbono Zero trabalha nos bastidores o tempo todo. “Por exemplo, a gente coleta o lixo do evento a cada dia. A gente separa e pesa esses resíduos para entrar na contabilidade. Sabemos também quantos quilômetros rodaram os veículos institucionais da universidade envolvidos na organização do evento”, explica Valéria.

Atividade com as crianças na Semana do Fazendeiro. Foto: Projeto Carbono Zero
Atividade com as crianças na Semana do Fazendeiro. Foto: Projeto Carbono Zero

NEUTRA…O QUE? 

Os gases de efeitos estufa são importantes para a manutenção da vida no planeta. Estão na atmosfera o dióxido de carbono (CO2), os clorofluorcarbonos (CFCs), o metano (CH4) e o óxido nitroso (N2O). Temos ainda o vapor d’água que, juntamente com o com CO2, ajuda a regular a temperatura da terra.

Atividade com as crianças na Semana do Fazendeiro. Foto: Projeto Carbono Zero
Atividade com as crianças na Semana do Fazendeiro. Foto: Projeto Carbono Zero

Em quantidade adequada, eles não são vilões. Acontece que, algumas atividades do homem, emitem exageradamente esses gases na atmosfera, por isso os cientistas da UFV e tantos outros pesquisadores espalhados pelo mundo buscam medidas para combate e controle de emissões em todo o planeta.

Você já deve ter estudado que as árvores fazem a fotossíntese, com objetivo de adquirir energia para sobreviver. Nesse processo, elas “sequestram” o gás carbônico do ar. Elas juntam CO2 + água+ luz solar e transformam em glicose, que é a fonte de energia. Também liberam nesse processo água e oxigênio. (VEJA NESTE OUTRO POST COMO AS PLANTAS RESPIRAM)

Então, qual é o resultado desse sequestro de gás carbônico?

Resposta: NEUTRALIZAÇÃO

Os pesquisadores consideram que uma árvore é capaz de neutralizar 8 quilos de carbono. Quando terminam de contabilizar todas as emissões da Semana do Fazendeiro, eles sabem quantos quilos de carbono foram liberados no total. Assim, planejam a plantação de mudas que possam neutralizar, num intervalo de 30 anos, os gases emitidos no evento. Não é uma matemática muito legal?!

Desde de 2010, os cientistas já plantaram cerca de 3 mil mudas e estão recuperando uma área de 1,5 mil hectares dentro da universidade. Tudo isso para “sequestrar” os gases poluentes.

VEM APRENDER, CRIANÇADA!

Na Semana do Fazendeiro em 2017, as crianças foram convidadas para conhecer de perto como funciona a neutralização. Você vou um monte de fotos aqui no post.  Cerca de 800 crianças passaram por lá e aprenderam a importância de uma vida mais sustentável para reduzir emissão de gases.

Por exemplo, é preciso economizar consumo de água e luz, além de pensar em formas alternativas de transporte. As crianças saíram de lá também sabendo do superpoder das árvores.

Pense você: é muito legal poder brincar na sombra de uma árvore. É bacana também poder comer o fruto de uma árvore e viver numa cidade bem enfeitada. Além desse monte de coisas legais, as árvores ainda fazem o “sequestro do bem” e ajudam a salvar o planeta dos gases poluentes!

Atividade com as crianças na Semana do Fazendeiro. Foto: Projeto Carbono Zero
Atividade com as crianças na Semana do Fazendeiro. Foto: Projeto Carbono Zero

Sobre o(a) autor(a)

Luana Cruz

Luana Cruz

Jornalista, professora e pesquisadora. É mãe dos gêmeos Martin e Heitor.
frame3

Conteúdo Relacionado

Enable Notifications    Ok No thanks