Saiba como participar do projeto Clubes de Ciência 2020, que será online

Entre os dias 10, 11 e 12 de outubro de 2020, acontece uma edição totalmente online do Clubes de Ciência (CdeC)

Edição 2019 do Clubes de Ciência Brasil

O Brasil recebe pela quarta vez, entre os dias 10, 11 e 12 de outubro de 2020, em uma edição totalmente online, o projeto Clubes de Ciência (CdeC), um programa desenvolvido por pesquisadores e ex-pesquisadores da Universidade de Harvard. Para concorrer a uma das 200 vagas nos clubes deste ano, os estudantes do ensino médio e dois primeiros anos da graduação já podem se inscrever no site.

O CdeC visa despertar o interesse científico em jovens, por meio de oficinas, palestras e mentorias gratuitas oferecidas por ex-pesquisadores e pesquisadores de Harvard, Oxford, USP, UFMG, UFRJ, Fiocruz e de outras universidades nacionais e internacionais de excelência. Além do Brasil, o projeto também acontece em outros países, como México, Colômbia, Bolívia, Paraguai, Peru, Espanha, Estados Unidos e continua em expansão. Os estudantes são estimulados a desenvolver o pensamento crítico, criatividade e colaboração.

Nesta quarta edição, no Brasil, serão oferecidos 10 clubes de ciência e tecnologia, com 20 alunos em cada, sendo a maior edição já realizada. Para os que não forem selecionados, haverá uma ampla cobertura nas redes sociais do projeto com participação aberta e transmissão ao vivo no Youtube no primeiro dia de evento. O segundo e o terceiro dias serão no formato de hackathon, disponíveis apenas para estudantes selecionados.

 Oficinas/clubes

1.     A Busca de Vida no Universo: Astrobiologia

Instrutores: Amanda Bendia (USP) e pelo Luan Ghezzi (UFRJ/Harvard alumni)

2.     Combatendo epidemias

Instrutores: David Soeiro (UFMG/ Harvard Alumni) e Fernanda Garrides (ENSP/Fiocruz)

3.     Descobrindo novos fármacos com ambiente virtual

Instrutores: Alessandra Souza e pela Bárbara Abrahim-Vieira (Faculdade de Farmácia/UFRJ)

4.     Entendendo a vida através da Genômica: SARS-CoV-2

Instrutor: Luiz Eduardo Del Bem (ICB-UFMG/ Harvard Alumni)

5.     Detetives do Passado: as lições da Paleontologia

Instrutores: Aline Ghilard (UFRN/Canal “Colecionadores de ossos”) e Tito Aureliano (UFRN/Canal “Colecionadores de ossos”)

6.     Neurociência e células tronco: como criar um cérebro?

Instrutores: Bruna Pausen (Harvard Medical School), Thiago Arzua (Medical College of Wisconsin) e Pablo Cardozo (UFMG/University of Toronto Alumni)

7.     Ciência e Inovação: da bancada para o mercado

Instrutor: Guilherme Rosso (Mestrado USP/Escritório de Inovação do Complexo Pequeno Príncipe)

8.     C3PO: o pensamento computacional!

Instrutora: Nina da Hora (PUC/RJ e criadora do projeto @ogun.he)

9.     Bioengineering: vamos reconstruir tecidos humanos!

Instrutores: João Henrique Lopes e Mônica Matsumoto (ambos do Instituto Tecnológico de Aeronáutica-ITA)

10.  Arte e História: invenção e interpretação do passado

Instrutores: Kleber Amancio (UFRB/PhD USP/Pesquisador Visitante Harvard 2014-2015) e Maruaia Cruz (E.E. Pedro de Alcântara Nogueira)

SERVIÇO

Projeto Clubes de Ciência Brasil

Oficinas: 10, 11 e 12 de outubro de 2020

Inscrições de 17/08 a 14/09 no site: www.clubesdeciencia.com.br

Público alvo: estudantes matriculados no Ensino Médio ou nos dois primeiros anos da graduação.

Sobre o Clubes de Ciência

O projeto foi fundado em 2014 por doutorandos mexicanos de Harvard e MIT com a missão de expandir o acesso ao ensino de ciências de alta qualidade, inspirar e mentorar as futuras gerações de pesquisadores através de uma rede de colaboração científica. Em um ano, o CdeC expandiu para Colômbia e Bolívia, alcançando milhares de estudantes.

Em 2017, como parte de sua expansão, o Clubes de Ciência chegou ao Brasil, tendo suas duas primeiras edições ocorrido em Belo Horizonte, na Universidade Federal de Minas Gerais.

Em 2019, o projeto chegou à cidade maravilhosa com sede na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Em todos os anos participaram estudantes de diferentes Estados e regiões do país. Neste ano,  a edição será virtual, com adaptações da dinâmica e metodologias para o ambiente online. Isso irá favorecer a participação de estudantes de diferentes regiões do Brasil

Conteúdo Relacionado