O Serviço de Produção e Tratamento de Imagem do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) lançou um filme que traz informações científicas e relevantes sobre um personagem que é nosso velho conhecido: o Aedes aegypti. O filme é dirigido por Genilton José Vieira, chefe IOC/Fiocruz, e revela aspectos inéditos sobre transmissor dos vírus da dengue, zika e chikungunya.

É possível conhecer características internas do inseto, além de relações do Aedes com o ambiente. Para a realização da obra, denominada ‘Conhecendo os mosquitos Aedes transmissores de arbovírus’, o diretor contou com extensa investigação bibliográfica, colaboração de cientistas da Fiocruz e de outras instituições de pesquisa.

Você vai saber, por exemplo, que o Aedes tem olhos compostos com mais de 400 unidades detectoras de luz que podem perceber movimentos com precisão cinco vezes maior do que os olhos humanos. Você vai entender que, ao sugar o sangue de uma pessoa doente, o inseto também é infectado pelo vírus da dengue, zika ou chikungunya.

Além disso, conhecerá o caminho percorrido pelos vírus dentro do mosquito até chegar às glândulas salivares, de onde são expelidos no momento da picada, ocasionando a transmissão de doenças.

O vídeo aborda detalhes sobre parentes próximos do Aedes aegypti como Aedes albopictus e Aedes polynesiensis, que também transmitem doenças. A produção tem duração de 40 minutos e pode ser assistida gratuitamente pelo Youtube.  É possível solicitar o DVD, fazendo contato com o IOC/Fiocruz pelo e-mail: imagem@ioc.fiocruz.br.

Tecnologia

O filme foi gravado em alta definição e traz imagens incríveis como o momento em que o mosquito Aedes adulto sai do casulo – na fase intermediária de desenvolvimento do inseto – e bate as asas pela primeira vez, pousando na superfície da água.

Uma ultra câmera lenta registra movimentos invisíveis a olho nu, como o voo conjunto do macho e da fêmea do Aedes aegypti durante a reprodução..

Além disso, recursos de modelagem e animação 3D combinados com imagens reais são usados para apresentar em detalhes o ciclo de vida dos mosquitos, a estrutura dos vírus e do desenvolvimento do processo de infecção nos vetores. O filme tem versões em português, espanhol e inglês.