A maioria dos desastres ambientais registrados nas cidades brasileiras está relacionada com a falta ou o excesso de água.

Muita água pode causar inundação, alagamento, enchente, ressaca e deslizamento de terra.

Sem chuva, há impactos socioambientais provocados pela seca e pelas queimadas florestais.

Para refletir sobre essas questões, você pode participar da campanha #AprenderParaPrevenir, promovida pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden).

Neste ano, a campanha traz o tema “Água [D+ ou D-] = desastre?”,  uma temática desafiadora para a sustentabilidade do Planeta.

cemadem_desastres

Falta ou excesso de chuva?

“Mas será que é mesmo a água ou a chuva que geram tantos desastres? Apenas o excesso ou a falta de água podem causar desastres? Está certo ‘culpar’ a água pelos desastres?”.

A partir desses questionamentos, a campanha tem por objetivo estimular a reflexão e o desenvolvimento de ações educativas para a redução de riscos de desastres, conservação da água e de enfrentamento das mudanças no clima.

As inscrições vão até dia 1 de outubro e podem ser feitas no site: educacao.cemaden.gov.br/aprenderparaprevenir2018.

Imagem de deserto meramente ilustrativa / Pixabay

Imagem de deserto meramente ilustrativa / Pixabay

Fale com seu professor e com sua professora! Participe!

Quem participar concorre ao sorteio de pluviômetros semiautomáticos do Cemaden e kits educativos.

Confira abaixo o vídeo em que a responsável pelo Cemaden Educação, Rachel Trajber, pesquisadora e antropóloga,  explica a campanha:

 

Mais informações podem ser obtidas no Cemaden Educação ou pelo e-mail: educacao@cemaden.gov.br.