O mês de fevereiro foi marcado pelo sucesso no lançamento inaugural do foguete Falcon Heavy, o mais poderoso da atualidade. O foguete partiu em direção à órbita de Marte, transportando nada menos do que um carro Tesla Roadster vermelho, com um manequim em traje espacial Starman no banco do motorista. E tudo isso ao som de Space Oddity, de David Bowie. (clique no link para ouvir e sentir o clima 🙂 )

Nesta incrível entrevista, o professor da UFMG, Renato Las Casas comenta este feito incrível da humanidade e fala sobre uma nova era astronáutica que se inicial.

Ele também dá dicas, caso você se interesse em conhecer mais sobre astronomia e os mistérios do universo.

Você tem a opção de ler o texto, ou ouvir as falas do professor.

O que faz do Falcon Heavy o mais poderoso foguete da atualidade? O que o diferencia dos demais lançamentos?

O Falcon Heavy é o foguete é o foguete mais poderoso já construído e tem que ser assim para atingir seu objetivo que é chegar até Marte, que é levar o homem até Marte. O Falcon Heavy é capaz de levar até 17 toneladas até Marte. Consequentemente, cerca de 64 toneladas até a órbita baixa da Terra, aqui perto do nosso planeta. O Falcon Heavy é, na realidade, a combinaçao de 3 foguetes Falcon 9. Cada Falcon 9 tem nove motores. Consequentemente, o Falcon Heavy tem 27 motores, que lhe dá essa potência toda. O Falcon 9 é o foguete utilizado pela Space X, desde 2010, com sucesso, para levar equipamentos para a Estação Espacial.

Por que o lançamento tem sido tão aclamado?

O lançamento tem sido muito aclamado, entre outras coisas e principalmente, porque ele nos aproxima de Marte. O Elon Musk prega que a humanidade precisa de uma opção para a eventualidade de uma catástrofe global nos eliminar ou até mesmo de alienígenas vierem aqui e tomarem conta do planeta. A nossa primeira opção seria colonizarmos Marte, termos parte da humanidade lá. Este é o grande projeto da Space X. E, se vamos para Marte, precisamos de um foguete que nos leve. O Falcon Heavy foi projetado para isso. Além disso, ele pode e deve colocar telescópios no espaço, levar grandes e pesados equipamentos, continuar um trabalho ainda melhor do que o Falcon 9, ao abastecer a Estação Espacial Internacional.

Podemos falar de uma nova era na exploração espacial?

Nós podemos dizer que estamos nos primórdios de uma Nova Era da astronáutica. Esta Nova Era está caracterizada pela miniaturização dos equipamentos. Hoje, conseguimos fazer com um satélite do tamanho de uma caixa de sapatos, o que antes precisaria de um equipamento do tamanho de um ônibus. Além disso, tem um barateamento muito grande da indústria aeronáutica devido, por exemplo, ao desenvolvimento de impressões laser. Hoje, pode-se montar, em apenas um dia, o motor de um foguete, o que antes levava meses e meses. Com isso, o que está acontecendo é que empresas privadas estão começando a tomar conta do mercado espacial. Há empresas interessadas em explorar, por exemplo, o turismo espacial, explorar minerais em asteroides ou na lua. Estamos realmente vivendo os primórdios de uma Nova Era da astronáutica.

O que significa a presença do Tesla Roadster com o manequim em trajes espaciais Starman?

Para testar o foguete, você precisa colocar algo para o Falcon Heavy levar para o espaço. Pode ser uma rocha ou uma barra de ferro. Mas, por que não um carro? Começou-se então a falar em levar até a órbita de Marte. Hoje, sabemos que vai além disso, até o cinturão de asteroides. E levar um carro, um veículo Tesla. Para dar um toque poético a isso, colocou-se um manequim com o traje de astronauta na direção deste veículo, que ficará indefinidamente no espaço. Imagino que daqui a muito tempo, talvez haja uma discussão se devemos trazer este veículo histórico para um determinado museu da Terra. Ou podemos deixá-lo onde está para incluí-lo em uma rota de turismo a Marte para que as pessoas possam admirá-lo no espaço. No fundo, tem uma jogada de marketing. Neste início da nova era que estamos vivendo, onde empresas privadas estão dominando determinadas áreas do comércio espacial é necessário que até mesmo a Space X que está à frente das demais, se firme. E uma forma bonita de se firmar foi esta de colocar um carro com um manequim na direção de um carro por bilhões de anos.

E qual o significado do esforço de Elon Musk para levar o homem a Marte?

Não resta dúvida de que a humanidade precisa se espalhar pelo universo. Inicialmente, pelo Sistema Solar, mas se espalhar pelo universo. A perpetuação da humanidade depende disso. Se ficarmos presos em nosso planeta berço, estamos sujeitos a sermos extintos por várias causas, como acidentes no âmbito da astronomia, como a colisão de um grande cometa asteroide e várias outras causas que podem acabar com a humanidade. O próprio desrespeito nosso com a natureza pode nos levar a um processo irreversível de aniquilação da vida. É necessário nos espalharmos pelo universo e o primeiro passo pensado nesta direção é de termos colônicas no planeta Marte. Se Elon Musk conseguir colonizar Marte, como é o seu propósito, acredito que ficará conhecido na história como um dos mais importantes homens de todos os tempos, uma figura ímpar da nossa história.

Que caminhos o senhor indicaria para quem é fascinado por eventos como este e gostaria de aprofundar seus conhecimentos?

Isso tudo tem aumentado muito o interesse das pessoas em geral e das crianças, em particular, para as questões astronáuticas, para pensarmos a humanidade astronomicamente falando, ao longo de grandes períodos de tempo. Isso é muito bom! Acho que uma ótima forma das crianças e também adultos se iniciarem nesta área é conhecendo o céu, olhando para o céu e reconhecendo as constelações. Por exemplo: você que está me ouvindo ou lendo sabe reconhecer no céu a constelação do seu signo? Este é um bom começo. Vamos olhar para o céu, gente! Para nos ajudar, existem hoje cartas celestes eletrônicas que são ótimos instrutores. Uma delas, por exemplo, é o Stelarium, um aplicativo gratuito para PC. Ele te ajuda a identificar estrelas no céu. Ou se você quer saber a respeito de uma determinada constelação e o Stelarium vai te dizer se ela já nasceu ou quando vai nascer e o seu local.

O que podemos indicar, hoje, em Minas Gerais, para as crianças que se interessam pelo universo da astronomia e astronáutica?

Nós, na Serra da Piedade no Observatório astronômico Frei Rosário, recebemos quatro turmas de escola por semana. Duas na terça e duas na quarta-feira. Damos preferência para entrada às 18h de turmas do ensino fundamental e entradas às 20h de turmas do Ensino Médio. Além disso, temos um programa de divulgação de ciência centrado na Astronomia, na Rádio Inconfidência AM. Uma parceira nossa, do ICEX, departamento de Física da UFMG com a Rádio Inconfidência. O programa vai ao ar toda sexta-feira, de 21 às 22 horas, nós produzimos e apresentamos o programa Universo Fantástico. Depois o programa é repetido no Domingo, ao meio-dia. Acreditamos que também é uma boa forma de ir se inteirando sobre o que está acontecendo no mundo da astronáutica, da astronomia e da ciência em geral.

Acompanhe ao vivo a trajetória do Starman pelo universo. O YouTube também tem um chat, que permite trocar ideias sobre este extraordinário evento com outros internautas.