Museu do Amanhã abre as portas para pesquisadores de fora do Rio de Janeiro

O Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, além de ser uma atração imperdível para os visitantes, é objeto de estudo em diversas áreas. Para atender a pesquisadores e pesquisadoras de fora do território carioca, foi criado o Programa Amanhã em Pesquisa. Interessados poderão levantar dados e informações no Museu para seus estudos acadêmicos. As inscrições para o programa estão abertas até o dia 20 de maio.

Os participantes selecionados terão direito a passagens – aéreas ou terrestres -, e diárias no mesmo valor das oferecidas pelo CNPq para pesquisadores no país (R$320), como auxílio para estadia até um máximo de três semanas. Em contrapartida, precisarão elaborar um relatório sobre o trabalho desenvolvido e indicar o apoio do Museu do Amanhã em produtos derivados da pesquisa.

Para se candidatar, é preciso residir fora do Rio de Janeiro, preencher um formulário online e enviar documentos como link para o currículo Lattes, carta de interesse e resumo do projeto. Os selecionados poderão realizar seus trabalhos no Museu entre os meses de julho e novembro de 2019.

Entre os critérios de avaliação, estão experiência de pesquisa do/a pesquisador/a e/ou do/a orientador/a; a consistência do projeto de pesquisa; uma conexão clara entre o plano de trabalho a ser realizado no museu e o projeto de pesquisa; e, por fim, a diversidade de temas, de gênero e de distribuição geográfica.

O link para inscrições e mais informações está no site do Museu do Amanhã.

Prazos

  • Data limite para submissão de propostas: 20 de maio
  • Anúncio dos projetos selecionados: meados de junho
  • Pesquisadores/as selecionados/as deverão realizar o plano de trabalho no Museu do Amanhã entre junho e novembro de 2019 
Compartilhe nas redes sociais
0Shares
Tags: ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *