Elas podem parecer assustadoras pra quem tem dificuldades com os números. Possuem métodos que são indispensáveis na rotina de trabalho dos pesquisadores que escolhem se enveredar por suas áreas de estudo. Matemática, computação, estatística, química e física são alguns exemplos de ramos do conhecimento que integram o grupo também conhecido como Ciências Exatas, cuja produção científica é de extrema importância para a sociedade.

Mas o que diferencia as ciências exatas das demais áreas? O que valida as constatações dessas pesquisas? O que faz com que elas sejam ‘exatas’?

Buscando compreender esses aspectos e a atuação científica sobre diferentes perspectivas, o Ciência no Ar dá continuidade à série “Pra você, o que é a ciência?” dessa vez em entrevista com a professora Vânia Aguiar, do departamento de física da PUCMinas.

Confira…