Começa 69ª Reunião Anual da SBPC; veja detalhes da abertura

Começou nesse domingo a 69ª Reunião Anual da SBPC, que acontece na UFMG. O maior evento de divulgação científica da América Latina tem como tema “Inovação – Diversidade – Transformações”. São 240 atividades durante toda a semana, com a participação de pesquisadores renomados do Brasil e exterior, e gestores do sistema estadual e nacional de C&T.

Ângelo Machado, pesquisador e divulgador científico. Foto: Diogo Brito/Fapemig

Esta é a quinta vez que a UFMG recebe a reunião. Na solenidade de abertura, que ocorreu na noite de domingo, houve discursos e homenagens, além de apresentação do coral ARS da UFMG. Um dos homenageados da noite foi o prof. Ângelo Machado, pesquisador e divulgador científico. Ao ser agraciado, ele quebrou o protocolo e pediu a palavra. Agradeceu e brincou com a plateia: “Depois de 45 anos estudando libélulas, descobriu sua função: fazer do Ângelo Machado um velho feliz”.

Mario Neto Borges, presidente do CNPq, entregou ao jornalista Reinaldo José Lopes o prêmio José Reis de Divulgação Científica. Em sua fala, Mario Neto destacou a importância do prêmio e da divulgação científica para a valorização da ciência, tecnologia e inovação.

Helena Nader fez um discurso emocionado, relembrando sua trajetória de 10 anos na diretoria da SBPC. Ela lembrou que o último ano foi muito difícil para todos os brasileiros devido à crise política e a perda de valores éticos e morais. “Está sendo difícil para todos, mas em especial para a educação e a ciência”.

“Educação e ciência são investimento, e não despesa”, disse a diretora da SBPC. Foto: Diogo Brito/Fapemig

Segundo ela, é preciso continuar repetindo o mantra: “educação e ciência são investimento, e não despesa”. Uma de suas tristezas ao deixar o cargo é perceber que alguns ministérios ainda não se convenceram disso.

Jaime Arturo Ramirez, reitor da UFMG, destacou que receber a SBPC é um presente para a universidade, que comemora seus 90 anos. Ele também citou a crise pela qual passa o Brasil, convocando para a reflexão sobre que país almejamos para o futuro e qual herança queremos deixar para as gerações que irão nos suceder.

Programação intensa

Das atividades confirmadas nas programações científica, serão 70 conferências, 91 mesas-redondas, 55 minicursos, 13 sessões especiais, 4 assembleias, 3 reuniões de trabalho e 5 encontros, num total de mais de 240 atividades, com a participação de pesquisadores renomados do Brasil e exterior, e gestores do sistema estadual e nacional de CT&I.

Na manhã desta segunda-feira já tem muita coisa acontecendo no campus. Veja aqui a programação completa.

Fapemig e Minas Faz Ciência

A Fapemig está presente na 69ª Reunião Anual da SBPC com um estande de 64 metros quadrados divididos em quatro áreas temáticas, com exposições de projetos apoiados ou desenvolvidos pela Fundação: espaço institucional, SIMI e Trilha Mineira de Inovação, Rio Doce e Inova Minas formam um verdadeiro circuito científico, que estará disponível para ser explorado e descoberto durante a feira.

Estande da Fapemig será verdadeiro circuito científico na 69ª Reunião Anual da SBPC

No estande, além de apresentar os programas institucionais, a equipe vai registrar entrevistas e realizar cobertura jornalística para os veículos do projeto Minas Faz Ciência.

No site Minas Faz Ciência e nas redes sociais, você poderá conferir temas escolhidos carinhosamente pelos nossos jornalistas. Estamos selecionando assuntos interessantes da ciência para postagens diárias aqui e na versão infantil.

Vamos falar de divulgação científica, desafios da pós-graduação, avanços da ciência em diversas áreas do conhecimento, entre outras pautas. Para a criançada, vai ter papo sobre vulcões, energia nuclear, astronomia e muito mais!

Com informações de Luana Cruz.

Compartilhe nas redes sociais
0Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *