O currículo da professora da UFRJ Heloísa Buarque de Hollanda é extenso. Autora de diversos livros e à frente do Programa Avançado de Cultura Contemporânea (PAC), a pesquisadora fala na articulação e na coletivização do saber como futuro da universidade.

Dentro do PAC, Heloísa coordena o Laboratório de Tecnologias Sociais, que abriga o projeto Universidade das Quebradas. Nos últimos dez anos, o projeto promove troca de saberes entre pesquisadores e artistas, ativistas, produtores culturais e arte-educadores da periferia.

Parte da programação dos 90 anos da UFMG, a pesquisadora participou da 3ª Conferência do Seminário Pensar a Educação Pensar o Brasil: A Universidade e a Cidade.

Ondas da Ciência: Heloisa Buarque de Hollanda

Nesse Ondas da Ciência, Heloísa Buarque de Hollanda fala sobre a universidade brasileira. A pesquisadora conta sobre a vontade de que a universidade se deixe permear pela cultura da periferia. Fala sobre a coletivização do saber e discute a participação da mulher na produção acadêmica.

Conheça mais sobre o trabalho da pesquisadora no site www.heloisabuarquedehollanda.com.br.

Foto: Garapa/Coletivo Multimídia