A aquisição de uma empresa francesa de reconhecimento de imagens reforça interesse em Inteligência Artificial.

Embora tenha começado e construído um império com base nos buscadores, Google tem demonstrado crescente interesse e investimento em IA. Projetos como automóveis sem condutor e Deep Mind refletem esta tendência.

Na última semana, a empresa anunciou a compra da Moodstock, desenvolvedora de uma tecnologia capaz de reconhecer objetos reais. Veja.

A aquisição será concluída nas próximas semanas, conforme comunicado da empresa em seu blog.

Após a introdução de reconhecimento de imagem no dispositivo em 2012, temos trabalhado no alargamento do nosso alcance para reconhecimento de objetos durante os últimos dois anos e meio, usando abordagens baseadas em aprendizagem profunda.

Hoje, estamos muito contentes em anunciar que chegamos a um acordo para unir forças com o Google, a fim de implantar o nosso trabalho em grande escala. Esperamos que a aquisição deve ser concluída nas próximas semanas.

Nosso foco será a construção de grandes ferramentas de reconhecimento de imagem dentro do Google.

Especialistas levantam a privacidade como um elemento importante em tecnologias de reconhecimento de objetos offline.