Esta semana, Ciência no Ar traz reportagem com Daniel Lopes um protagonista da cultura maker.

Depois de passar uma temporada estudando no MIT, nos Estados Unidos, ele trouxe para o Brasil a ideia de criar uma impressora 3D  no Laboratório Aberto do Senai, em BH. O equipamento está em fase de fabricação e Daniel já comemora as encomendas.

E você? O que faria com uma impressora 3D dentro de casa? Quando se pensa nessa possibilidade, há dois tipos de reação:

  • aqueles que se empolgam com a possibilidade de imprimir um clip de papel sem sair do escritório, mesmo que leve dois minutos para fabricar cada pecinha.
  • e os que pensam que podem encomendar mil clips numa loja virtual, recebendo em casa, poucos dias depois.

Porém, devotos e céticos concordam em uma coisa: a impressão 3D continua sendo uma daquelas tecnologias à espera de justificativa plausível para o alto investimento. Faz sentido para alguns, mas não convence enquanto uma necessidade básica, algo que não dá para viver sem dentro de casa.

Para entender melhor o que é possível fazer com elas, fizemos uma galeria com 12 produtos úteis, impressos em 3D residenciais.

Convencido?