Foto Stephen Gibson

Foto Stephen Gibson ©

Você sabia que o barulho pode estimular o cérebro a encontrar soluções criativas? Não? Pois bem, pesquisadores da Universidade de Ilinois, nos Estados Unidos, afirmam que trabalhar em ambientes onde tenha certo barulho pode estimular o cérebro a encontrar essas soluções.

Para chegar a tal conclusão, voluntários foram testados em alguns ambientes com níveis de barulho variados. Com até 50 decibéis – o que corresponde a ambientes silenciosos com no mínimo um leve barulho do ar condicionado – ficou claro que os participantes não atingiram resultados satisfatórios ao realizar uma tarefa na qual era exigida soluções criativas.

Em um ambiente com até 70 decibéis, os participantes atingiram um melhor resultado, já que o barulho é o mesmo que pessoas conversando alto, mas sem elevar o tom de voz. E no último ambiente, acima de 85 decibéis, que é similar ao tanquinho barulhento da sua vizinha, ou aquela furadeira da construção ao lado, a solução criativa não foi alcançada devido ao barulho insuportável.

A pesquisa mostra que ao contrário do que pensamos, um pequeno barulho faz bem, pois “faz com que nosso cérebro pense de forma mais abstrata, gerando ideias mais criativas”, afirma o coordenador da pesquisa, Ravi Mehta. Ele ainda aconselha sair da zona de conforto e ir trabalhar em um ambiente onde há algum tipo de barulho. Que tal experimentar?