Atualizado em 18/09/2012

Já pensou em tomar um comprimido de ora-pro-nóbis, de 8 em 8 horas, para acabar com a dor? E creme de jambo para evitar infecção ou retardar os “efeitos do envelhecimento”? Provavelmente isso nunca passou pela sua cabeça. Mas, também, esses produtos nem existem, mesmo! Ainda. Neste Ondas da Ciência (#42) a bioquímica Elita Scio Fontes (+) nos conta em que pé estão suas pesquisas na área, e quais as vantagens e desafios desse uso.

Da família das hortaliças a ora-pro-nóbis (orai por nós) faz parte da culinária e da história mineira, embora atualmente não seja tão conhecida e comum, como décadas atrás.  Ela, agora, está sendo estudada como fonte de princípio ativo para medicamento contra dor.

Em Minas Gerais a ora-pro-nóbis é reconhecida como uma verdura que vai muito bem com angu. Já o Jambo é uma frutinha marrom, muito comum nas ruas de Belo Horizonte.

Mas, testes feitos em modelos animais na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF ) já apontam para a possibilidade de uso farmacológico dessas e outras “plantas bioativas”, que  têm alguma ação sobre o organismo de seres vivos. Estão sendo investigados seu potencial antioxidante, contra dor e hipoglicemiange (contra diabetes). Novas drogas contra tumores, leismaniose e câncer também estão na lista de objetivos dos pesquisadores.

Elita Scio destaca como exemplo o extrato hipoglicemiante (que tem o poder de abaixar a glicemia ou “açúcar no sangue”) feito de uma espécie de planta, cujo nome é guardado em segredo até sua patente ser firmada. Além do efeito esperado, o produto não apresentou nenhuma reação tóxica durante os testes feitos – até agora, apenas em animais.

A professora também chama a atenção para a necessidade de parcerias para o sucesso. Tanto com pesquisadores (de vários campos do conhecimento e diferentes centros de pesquisa e ensino, nacionais e internacionais), quanto com os órgãos de fomento (para a continuidade do financiamento aos estudos), e com a indústria farmacêutica (para viabilizar a produção dos medicamentos e também participar do processo). E, claro, com apoio social.

O projeto continua.

Trilha sonora – Royalty free use:  Tryad [Struttin’.mp3 e  Witness.mp3], Black Eagle Child [Walking In River Park.mp3], Space ship whoosh by 3.wav, spanish robot freesoundtrackmusic.mp3