Agora somos 25 Fundações de Amparo a Pesquisa no Brasil! A Assembléia Legislativa do Tocantins aprovou lei que cria a Fundação. Segundo o secretário de ciência e tecnologia Luiz Carlos Borges da Silveira foi um importante passo para o desenvolvimento científico do Tocantins, ” O Estado formará mais mestres e doutores e serão abertas novas perspectivas de convênios federais e internacionais”, afirma.

Segundo informações da Revista FAPESP apenas Roraima e Rondônia ainda não criaram suas FAPS.

http://revistapesquisa.fapesp.br/?art=71446&bd=2&pg=1&lg=