Pesquisadores da Unicamp desenvolvem composto com nanopartículas de prata que pode impedir a proliferação da bactéria responsável por 60% das infecções hospitalares no Brasil. O objetivo é incorporá-lo a materiais sujeitos a contaminações.

As nanopartículas encontradas na prata, material conhecido por sua ação antibacteriana, estão sendo testadas no revestimento de alguns equipamentos utilizados dentro dos hospitais. O objetivo é impedir que pacientes internados adquiram infecções causadas por bactérias residentes no ambiente hospitalar. Outro ponto discutido na matéria são os possíveis perigos que os nanomateriais podem causar a saúde humana.

Confira a reportagem escrita por Carolina Drago.